Liberdade De Expressão E Falsa Expressão, Quando A Expressão Não For Verdadeira Cale-Se

Liberdade De Expressão E Falsa Expressão, Quando A Expressão Não For Verdadeira Cale-Se

A Liberdade de expressão é apanágio da natureza racional do indivíduo

É o direito de qualquer um manifestar, livremente, opiniões, ideias e pensamentos pessoais sem medo de retaliação ou censura por parte do governo ou de outros membros da sociedade. É um conceito fundamental nas democracias modernas nas quais a censura não tem respaldo moral.

Vivemos momentos difíceis onde à liberdade de expressão é ameaçada por questões políticas e outras intervenções midiáticas. Desta forma cabem as seguintes reflexões e questionamentos:

A liberdade de expressão pode sucumbir à falsa expressão?

Seria cabível uma liberdade onde à falsa expressão seja aceita?

O direito a expressão é passaporte para manifestações e falsas expressões?

Obviamente que para todos os questionamentos acima a resposta seria não.

Mais uma vez a dignidade e a ética humana de valor são colocadas à prova. Toda expressão será aceita desde que fundamentada nos princípios legais e verídicos que a regem e são amplamente sugeridos pelos tempos de estudo, preleções e ensinamentos de nossas lojas em todo o mundo. Sabemos que o direito a expressão é orientado pelos princípios da verdade, igualdade e fraternidade, que são valores inquebrantáveis da garantia do expressar, agir e livremente se manifestar. São valores que não devemos deixar de praticar. Sem liberdade não existe expressão verdadeira, sem igualdade não existe expressão que se possa ter valor dentro da diversidade humana e sem a fraternidade não existe nada. A fraternidade é algo sublime, o amor fraterno é infinito, tem respeito tem verdade e fidelidade. As falsas expressões ferem profundamente todos os princípios da ordem, não prosperam mesmo que na crença de uma suposta liberdade de se expressar. As falsas, ideologias, crenças, moralidades, condutas éticas, não se enquadram nos princípios da legalidade da expressão e neste caso são consideradas expressões proibidas, das quais devem ser censuradas, falsas notícias, ou fake news como queiram chamar, diga-se de passagem, são as únicas formas de censura desejável, tolerável e suportável. Expressões estas que já estão amplamente difundidas e relatadas em nossos tribunais profanos como criminosa, ilegal, a expressão do mal feitor e que cabe responsabilização. Desta forma sabendo que sou livre e de bons costumes, portador da liberdade oriundo do Estado Democrático de Direito, que é uma sociedade política comandada por representantes eleitos pelos cidadãos dessa sociedade que tem por função zelar pela separação dos poderes Legislativo, Executivo e Judiciário, garantia dos direitos fundamentais dos indivíduos e a obediência aos ditames legais, quando a expressão não é verdadeira, cale-se.

  Júlio Cezar Merij

ARLS James Anderson 100 – Grande Loja– ES – Vitória ES

ARLS Universitária Professor Alfredo Pacheco Barroca nº 3086 – Vitória – ES

admin

Using cookies
This site uses cookies for you to have the best user experience. If you continue to browse you are consenting to the acceptance of the aforementioned cookies and acceptance of our cookie policy